Cinco passos para aumentar o faturamento da sua clínica

24 de julho de 2018

Montar o próprio consultório, abrir uma clínica própria ou até mesmo manter e aumentar o faturamento de um espaço que existe há algum tempo pode ser um verdadeiro desafio.

O tempo reduzido e a dedicação aos atendimentos faz com que, muitas vezes, o planejamento estratégico da clínica fique de lado. Mas, separe alguns minutos do seu dia para ler as sugestões abaixo; são cinco passos para aumentar o fluxo de pacientes e, consequentemente, o faturamento da sua empresa de saúde.

1º passo: proporcione uma boa experiência
Ir ao dentista pode ser traumático para muitas pessoas – e nem sempre isso diz respeito ao profissional que a atende. Muitas vezes isso está relacionado a traumas da infância ou medos enraizados por uma cultura ultrapassada.

Ir ao dentista, em nenhum aspecto, precisa ser traumático. Então, proporcione uma experiência agradável ao seu paciente, fidelize-o como cliente, mostre que ele pode confiar em você.

2º passo: propaganda gratuita
Oferecer um atendimento de excelência não é só uma forma de fidelizar um paciente. Na realidade, essa é também uma forma de propagar o seu trabalho, uma vez que um paciente satisfeito sempre divide com familiares e colegas a experiência que viveu – seja ela muito boa ou muito ruim.

Lembre-se de que aquilo que acontecer no seu consultório (ou sua clínica), da recepção ao final do atendimento, será verbalizado por aquele que vivenciou seus serviços para todos aqueles que convivem com ele. Então, utilize isso a seu favor!

3º passo: organização
Faz parte da experiência do paciente, e da agilidade das operações de seus funcionários, a organização da sua clínica. Isso significa definir processos de funcionamento e determinar atividades específicas para cada colaborador que tiver.

Um bom sistema de marcação de consultas, por exemplo, é determinante para evitar salas de espera muito cheias ou muito vazias (os extremos são péssimos). Um profissional específico para a área financeira também é importante, não só para gerir saídas e entradas do fluxo de caixa, como também para definir gastos essenciais, diminuir aquilo que não pode ser cortado e, claro, eliminar o que for supérfluo.

Ainda na questão de funcionários, não se esqueça de manter todos eles capacitados e motivados para que exerçam suas atividades com qualidade e excelência. Neste caso, pense sempre que treinamentos e palestras motivacionais para a equipe, por exemplo, não são gastos, mas sim investimentos.

4º passo: coloque o rosto na mídia
Nas mídias tradicionais e modernas, há sempre espaço para profissionais da saúde responsáveis, comprometidos e atualizados em suas profissões. Então, elimine a vergonha ou a falta de interesse da sua vida e dê entrevistas, coletivas e palestras.

Uma boa forma de começar, se preferir, pode ser com os veículos on-line, que praticam entrevistas por telefone ou até mesmo por e-mail. Apenas com isso, o seu trabalho já conseguirá mais visibilidade e, consequentemente, sua clínica receberá mais procura.

5º passo: alie-se à ARM
Fazer parte da rede credenciada da ARM aumenta a sua carteira de clientes, você terá seus dados e de seu consultório ou clinica divulgados no site da ARM, ampliando a sua exposição ao mercado e consequentemente aumentando seu número de atendimentos. Isso, é claro, com um bom-custo benefício para você e para o funcionamento do seu espaço de trabalho.

Colocando em prática os passos acima, você com certeza sentirá retornos financeiros em um tempo menor do que imagina!